Search
Tuesday 27 February 2024
  • :
  • :

II Encontro Bíblico – Síntese

Paróquia Maria Serva do Senhor – 22 anos

Setembro: Mês da Bíblia

Síntese: 2º. Encontro: A liderança de Josué e a responsabilidade de Acã (Js 1,1-9 e 7,1.18-21)

Josué como um homem fiel aos mandamentos de Deus, e Js 7, que relata o pecado e a desobediência de Acã.

Ambos representam o papel da liderança e as consequências de suas ações para todo o todo. Não temos nenhum dado histórico que torne possível identificá-lo. É uma figura paradigmática, representando o líder ideal. Josué é o primeiro chefe de Israel, enquanto povo estabelecido na terra -um paradigma para os outros chefes e reis que serão avaliados segundo o seu modelo, nos Livros de Samuel e Reis.

No texto Js1,6-9, não podemos dizer que Josué seja um chefe militar, dado que a conquista da Terra Prometida é e a sua distribuição para as tribos de Israel estão condicionadas à observância da Lei de Moisés. Outro texto importante para entendermos essa imagem idealizada de Josué é Js 8,30-35, quando ele escreve toda a Lei sobre um altar de pedra, erguido na parte central da Terra Prometida, e a proclama diante de todas as tribos, mostrando que o verdadeiro soberano é o livro da Torá, entronizado sobre o monte Ebal, ao qual todos devem obedecer.

O segundo exemplo de liderança é Acã, em Js 7. Israel estava avisado de que não poderia pegar absolutamente nada que pertencia aos povos dos territórios que eram derrotados, pois tudo deveria ser consagrado a Deus. Se alguém transgredisse as normas do Senhor, traria o extermínio a todo o acampamento. Js 7,1-26, narra que Acã transgride essa norma e pega os bens de Jericó, atraindo para todo o povo a ira divina. Acã confessa seu pecado, é executado por lapidação e enterrado no vale de Acor (Vale da Desgraça. Da lapidação, participou todo o povo, porque é que afeta todo o Israel.

É responsabilidade coletiva no peca de uma única pessoa. Parte do princípio de que Acã não está sozinho, é membro de uma comunidade, por isso sua infração repercute em todo o povo de Israel.Josué representa o líder que obedece aos mandamentos do Senhor trazendo para o povo as bençãos e Acã retrata o líder que desobedece por ganância, atraindo a desgraça para o povo. Js 7 tem uma finalidade pedagógica, a de alertar os líderes e todo o povo sobre a seriedade e as consequências de suas decisões, elas podem servir para promover a vida ou para levar à ruína a comunidade ou à morte de todo o povo.

Papa Francisco, em sua encíclica Fratelli Tutti, dedica o capítulo 5 para refletir sobre a melhor política, que é vista como aquela que está a serviço do bem comum. Afirma que o verdadeiro político é aquele que coloca a dignidade humana ao centro e que o amor político se expressa no reconhecer todo ser humano como um irmão ou uma irmã.

O papa elenca as seguintes perguntas destinadas aos líderes políticos:Quanto amor coloquei no meu trabalho? Em que fiz progredir o povo? Que marcas deixei na vida da sociedade? Que laços reais construí? Que forças positivas desencadeei? Quanta paz social semeei? Que essas questões possam nos ajudar a avaliar nosso modo de exercer a liderança na comunidade, na pastoral, no trabalho ou até mesmo confrontá-las com nosso comportamento com relação as pessoas que nos circundam.

* Texto em colaboração Maria Ilda de Mendonça *

Subsídio Serviço Animação Bíblica – SAB – Mês da Bíblia 2022

Fotos: Luciana/ membro Pascom

Publicação: Pascom/ Pastoral da Comunicação




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *