Search
Tuesday 27 February 2024
  • :
  • :

Síntese da abertura mês da Bíblia

Paróquia Maria Serva do Senhor – 22 anos

Setembro: Mês da Bíblia

Introdução ao Livro de Josué

Lema : “ O Senhor teu Deus está contigo por onde quer que andes” (Js 1,9).

Por que a escolha do livro de Josué?

Em 1822, há exatamente 200 anos, foi proclamada a “Independência do Brasil”. A retomada do livro de Josué, neste ano, nos desafia a refletir sobre o acesso e o uso da terra, uma problemática muito complexa em nosso país.Também por ser ano de eleições e Josué ser um grande líder.O lema expressa a presença de Deus em toda a trajetória de Josué, sucessor de Moisés.

Qual o significado do nome de Josué?

Josué é um nome hebraico que significa “Deus Salva” ou “Que o Senhor salve”. É um personagem muito citado no Pentateuco (Êxodo, Números e Deuteronômio) e outros livros bíblicos (1 Reis, 1 Crônicas e Neemias). Na descrição de Josué, temos a fusão de duas personagens: Moisés (o libertador do povo) e Josias (o rei fiel a Deus a aos seus mandamentos). Encontramos características de Josué nestes dois personagens.

Quando foi escrito?

Este livro faz parte dos livros históricos, inserido no bloco dos chamados “profetas anteriores”. Ele é fruto de um longo processo redacional, iniciado no século VII a.C, no período do rei Josias, sendo revisado no período do exílio babilônico (século VI a.C) e pós-exílio (século V, a.C) pelos chamados autores deuteronomistas com acréscimos da tradição sacerdotal.

Qual a principal finalidade?

A tradição deuteronomista tem como fio condutor a unidade do povo de Israel. O livro de Josué é inserido na Obra Histórica Deuteronomista, formada por Deuteronômio, Livro de Juízes. Primeiro e Segundo Livros de Samuel e pelos livres dos Reis. Com o livro de Josué inicia-se um arco narrativo que termina em 2Rs 25, quando o Reino de Judá é tomado pelos babilônios.

Estrutura do livro de Josué

Dividido em 2 partes: Js 2-12(tomada de posse da terra) e Js 13-21(partilha da terra) e a conclusão Js 22- 24(despedida das tribos da Transjordânia que ajudaram a conquistar a Cisjordânia e construção de um altar (22) e o discurso de despedida ou testamento de Josué (23) com a Aliança de Siquém, morte e sepultamento de Josué (24).

A introdução é o capítulo 1 que é a preparação para a tomada de posse.

Linhas teológicas do livro de Josué- Dom da terra, cumprimento das promessas que Deus realizou com patriarcas e matriarcas; caráter etiológico (explicar determinados fenômenos, como as ruínas dos muros de Jericó etc.; bom líder; o povo permanece na terra prometida, se fiel aos mandamentos de Deus; face guerreira de Deus e lei do extermínio, do anátema o da proscrição; participação do povo na benção divina e aliança em Siquém (proibir a idolatria).

Amém 🙏

* Texto em colaboração: Maria Ilda de Mendonça/ Equipe Setorial

* Subsídio: Serviço de Animação Bíblica – SAB / Paulinas

* Foto: Luciana/membro Pascom

Publicação: Pascom/Pastoral da Comunicação




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *