Search
Monday 6 December 2021
  • :
  • :

Legado de Francisco

        

 

 

O mês de Outubro é dedicado às missões. É também o mês que se lembra do grande santo missionário de Jesus: SÃO FRANCISCO DE ASSIS. São Francisco nasceu em Assis, numa cidade da Úmbria na Itália em 1181. Filho de dona Pica e Pedro Bernardone rico comerciante de tecidos especialmente com a França. São Francisco foi batizado com o nome de João Pedro Bernardone, mas o menino ficou com o nome de Francisco em homenagem à França. Cresceu, vivia cantando, sonhava em ser cavaleiro, ser cortejado pelas moças que suspiravam ao vê-lo retornar do campo de batalha e ajudava os pobres. Francisco não foi diferente! Um dia lá pelos anos de 1205, quando ele estava rezando na igrejinha de São Damião o crucifixo lhe falou: ”Vai, Francisco, e reconstrói a minha casa.” A vida dos santos é um atestado de reciprocidade de amor em larga escala entre Criador e a criatura e Jesus com aqueles que chegam mais trabalham juntos, tal como o Papa Francisco em sua Carta Encíclica LAUDATO SÌ. (Louvado seja meu Senhor), tal como os franciscanos em Medjugorje… Até hoje lá se vão mais de oitocentos anos de atividade franciscana no mundo, desde quando foi aprovado o modo de vida franciscana pelo Papa Inocêncio III, em 1209 e depois por Honório III e hoje, junto com Jesus os franciscanos se espalham pelo mundo inteiro em missão: OFM(Ordem dos Freis Menores); CLARISSA(Ordem de Santa Clara);OFMConv.(Ordem Franciscana Conventual); OFMCap.(Ordem Franciscana dos Capuchinhos); E surgiram muitas outras Ordens e Congregações Franciscana de pessoas casadas e tantas irmãzinhas religiosas que se santificaram nesta via de perfeição. E sabem qual é o segredo de Francisco e dos Franciscanos? COPIAR JESUS! Isto é: “Amar como Jesus amava. Sonhar como Jesus sonhava. Viver como Jesus vivia. Sentir como Jesus sentia. Sorrir como Jesus sorria.” Francisco morreu em 04 de outubro de 1226, amou tanto Jesus que conseguiu respeitar a natureza a ponto de amar não só as pessoas como família, mas considerar como irmão e irmã o sol, a lua, a água, a Terra… Curou muitos doentes, ajudou os pobres, aceitou a “santa pobreza”, a obediência aos Mandamentos e a castidade aceitou-a como uma pérola de raro valor. Amou com carinho a Santa Mãe de Deus, os sacerdotes e a Igreja toda. São Francisco de Assis é um exemplo para todos nós e de modo especial para os sacerdotes católicos. Seguindo seus passos o mundo teria mais amor e paz constantes.                                

Fred Margonari/Membro da Pascom




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *